RN começa 2021 com mais de 2 mil empregos formais criados; resultado é o 3º melhor do Norte e Nordeste


Foto: Marcello Casal (Agência Brasil)

O Rio Grande do Norte começou 2021 com saldo positivo na criação de empregos com carteira assinada. Segundo balanço do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), foram registrados 2.247 empregos formais no mês de janeiro.

O saldo é resultado de 14.261 admissões e 12.014 desligamentos. O RN teve o terceiro melhor desempenho do Norte e Nordeste, atrás apenas da Bahia e do Ceará, com saldos de 15.049 e 7.872, respectivamente. Os dados foram divulgados hoje (16) pelo Ministério da Economia.

No comparativo com o mesmo período do ano passado, a discrepância é bem significativa. Em janeiro de 2020, o RN teve 12.407 admissões e 13.498 desligamentos. Ou seja, um saldo negativo de 1.091.

Dados: Caged (janeiro 2021)

Segundo o Caged, os destaques de janeiro de 2021 são os setores de serviços, com saldo de 1.590, e construção, com 1.026. A agropecuária teve balanço negativo, com menos 956 vagas. 

Os melhores números estão ligados ao segmento da construção de edifícios, com saldo de 805 empregos com carteira assinada; e o serviço de escritório e apoio administrativo, com saldo de 609 empregos.

Natal e Mossoró

Entre as cidades que tiveram melhor desempenho na geração de vagas em janeiro, Natal liderou com um saldo positivo de 1.347 empregos. Já Mossoró terminou o mês com 141 desligamentos.

Brasil 

A nível nacional, janeiro de 2021 registrou uma expansão de 260.353 postos de trabalho, resultado de 1.527.083 admissões e de 1.266.730 desligamentos.

Previous Minuta do novo decreto do estado será apresentada nesta terça-feira (16) em reunião com prefeitos
Next PUBLICADO! Novo decreto do RN proíbe atividades não essenciais; documento foi assinado por Fátima e Álvaro

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.