Governadores vão se reunir com a ONU para pedir Ajuda Humanitária ao Brasil


Foto: Marcelo Camargo Agência Brasil.

O Fórum dos Governadores do Brasil se reunirá com a secretária-geral adjunta da Organização das Nações Unidas (ONU), Amina Mohamed, para entregar uma carta com pedido de ajuda humanitária ao Brasil.

O encontro, em ambiente virtual, acontecerá na próxima sexta-feira (16). O foco principal da conversa será conseguir mais vacinas, oxigênio e insumos médicos, tendo em vista o colapso na rede hospital que atualmente o país vive.

A justificativa, segundo o documento, é a dificuldade no país para avançar na vacinação contra a covid-19 e o índice elevado de mortes provocadas pela covid-19.

Atualmente o Brasil é considerado o epicentro da pandemia no mundo, sendo o país de maior risco na propagação de variantes do novo coronavírus.

“A ajuda humanitária é mais vacina, insumos, aquilo que o Brasil precisa para salvar vidas”, explicou o governador do Piauí, Wellington Dias, coordenador do tema vacinas no Fórum.

No documento, os governadores pedem garantia de entrega de 9,1 milhões de doses de imunizantes pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Cita 11 milhões de doses da vacina Astrazeneca (Reino Unido) que deveriam ter sido entregues em janeiro. E pede previsão para entrega de 11 milhões de doses da Serum/Astrazeneca (Índia).

Consta também na carta um pedido de permissão ao governo estadunidense, para o Brasil comprar ou receber como empréstimo, para posterior devolução em vacinas, de 10 milhões de doses da Astrazeneca (EUA).

O documento requer ainda a antecipação de IFAs (insumo farmacêutico ativo) em entrega extra para este mês de abril, suficientes para produção de 15 milhões de doses de imunizantes pelo Instituto Butantan, evitando assim a falta de vacina para segunda dose neste mês no Brasil.

Previous Premiada nacionalmente, série da Rádio Universitária FM conta porque o melão é o ouro do semiárido potiguar
Next Fátima assina carta de governadores que pede a Joe Biden parceria para proteção ambiental no país

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.